A homologação de software é uma importante etapa, dentro do clivo de vida de desenvolvimento de software, que tem como principal objetivo garantir que o software utilizado atenda os requisitos do negócio e esteja dentro dos padrões de qualidade e desempenho desejados.

Neste post vamos mostrar para você o que é esse processo e como ele funciona, com seus pré-requisitos, a importância dele e os benefícios de sua aplicação para o seu negócio. Boa leitura!

O que é homologação de software

A homologação de software é o processo responsável por analisar sistemas tecnológicos e aplicações de computador, que serão implantados pelas empresas para comercializar bens e serviços.

É por meio dela que se pode ter autorização para a transmissão de dados, para a emissão de documentação e para manter uma atuação de acordo com a legislação do nosso país.

Precisa de Certificado Digital? Certifica Comigo! 10% OFF na compra da sua identidade digital. Cupom: CRCRI40949

O processo de homologação de software pode apresentar algumas pequenas diferenças de acordo com a empresa desenvolvedora, mas em geral, o fornecedor de software entrega uma versão preliminar do sistema.

Essa versão deve ser testada conforme as expectativas de sua empresa para verificar a eficácia do software como solução.

Os pré-requisitos para a homologação de software

 O processo de homologação de software pode tomar um tempo longo da atividade de desenvolvimento, e para essa tarefa é necessário contar com alguns pré-requisitos.

Entre eles estão:

  • Ambiente de Homologação — um local separado do servidor principal, que servirá para a instalação do sistema e será acessado pelos usuários para testes com o sistema;
  • Banco de Dados de Homologação — uma cópia do atual banco de dados da empresa que possa simular o real estresse ao qual o sistema estará sujeito no ambiente real;
  • Plano de testes — é um documento que registra os tipos e pontos de teste planejados para validar o funcionamento do software desenvolvido frente ao requisitos definidos no início do projeto;
  • Usuários — os colaboradores que realizarão a utilização diária do sistema devem ser os principais usuários, chamados de Key Users, pois é a sua demanda que deverá ser atendida.

A importância da homologação de software

Homologar um software é uma maneira de verificar a qualidade do sistema e avaliar suas funcionalidades estão de acordo com as necessidades da empresa.

Por meio de sua aplicação é possível comprovar que o sistema poderá realmente suprir sua demanda para a qual foi especificado.

Ao realizar a homologação é possível validar se todas as funcionalidades do sistema estão de acordo com os requisitos levantados durante o planejamento para o desenvolvimento do software.

Os benefícios da utilização de software homologado

Entre os principais benefícios da aplicação de homologação de softwares estão a certeza da qualidade de código e desenvolvimento, além do cumprimento de todos os requisitos necessários para a construção do projeto de softwares.

Ao realizar a homologação de sistemas também são evitados os erros e as falhas que poderiam prejudicar o andamento das atividades da empresa, causando prejuízos e atrasos.

Outro ponto muito importante é a garantia de que o sistema testado está de acordo com as exigências governamentais como as normas de atuação no ramo de atividade da empresa e ao cumprimento de obrigações fiscais.

A homologação de software é uma etapa fundamental para o sucesso do desenvolvimento de sistemas e garante que a aplicação está de acordo com os requisitos levantados durante a fase de planejamento.

Esperamos que com a leitura deste post você possa ter compreendido a função dessa atividade e sua importância.

Caso a sua empresa busque por soluções tecnológicas personalizadas e que atendam a todas as suas demandas, a ATM Digital é a resposta. Entre em contato conosco e veja o que podemos fazer por você!

🚨 Leia também: Saiba o que é Arquitetura de Software e qual a sua importância

Autor

Empreendedor, entusiasta de Educação Financeira e Investimentos Nerd em tempo integral

2 Comments

  1. Boa Noite.
    Após a homologação do software onde são realizados testes de funcionalidade, fluxo de informações, estabilidade entre outras funcionalidades e avaliando que o mesmo pode entrar em produção ainda que algumas modificações evolutivas venham a ser necessárias e indicadas, podera o software entrar em operação? ou Precisaria satisfazer alguma etapa posterior alem de treinamento do pessoal a operar?
    Grato pela atenção.

    • Olá Gildo, boa tarde! Agradeçemos a interação com o nosso conteúdo.
      Sobre a sua questão, a resposta é SIM! Após a homologação de software o sistema pode entrar em produção mesmo o planejamento e cronograma tenham previsto uma segunda fase de desenvolvimento para evolução e suporte do software.

      O que é importante, eu diria até essencial, é que as fases do projeto de software estejam bem definidas de modo que se possa garantir que o avanço para a fase seguinte só aconteça após a conclusão e validação de todos os procedimentos de homologação da fase atual.

      Espero ter colaborado. Caso tenha outras dúvidas ou queira conversar mais sobre o gerenciamento de projetos é só estrar em contato.

      Abraços

Escreva um comentário